A Maçonaria

A Maçonaria

A Maçonaria é a maior e a mais antiga organização fraternal do planeta. Para muitos estudiosos a Maçonaria se originou na Idade Média com as sociedades dos construtores das catedrais e castelos.

Há evidências, segundo alguns autores, de que a Maçonaria foi influenciada pela Ordem dos Cavaleiros Templários, um grupo de monges cristãos guerreiros formado em 1118 para ajudar e proteger peregrinos em suas viagens à Terra Santa.

A Maçonaria, uma Ordem Universal, é constituída por homens livres, de conduta ilibada, maiores de 21 anos, de todas as raças e nacionalidades, de qualquer religião, posição social e credo político, acolhidos por indicação de um membro da Ordem que, após iniciados e congregados em Lojas, estudam e trabalham para o aperfeiçoamento da Sociedade Humana auxiliados por símbolos e alegorias.

Seus princípios são a Tolerância, a Filantropia e a Justiça. Seu caráter secreto deveu-se a perseguições, a intolerância e a falta de liberdade demonstrada pelos regimes reinantes da época.

A Maçonaria é fundamentada no Amor Fraternal e na esperança de que, com amor a Deus, à Pátria, à Família e ao próximo, com tolerância e sabedoria, com a constante e livre investigação da Verdade, com a evolução do conhecimento humano pela Filosofia, Ciências e Artes, sob a tríade da Liberdade, Igualdade e Fraternidade e dentro dos princípios da Moral, da Razão e da Justiça, o mundo alcance a felicidade geral e a paz universal.

Exige dos seus membros a observância de rígidos princípios morais e éticos, destacando-se a fraternidade entre os homens, a tolerância, o respeito às Leis e às autoridades constituídas e a busca incessante da verdade.

Não se trata de uma Sociedade Secreta, como difundida desde os tempos primórdios de sua organização. Suas reuniões são realizadas em locais amplamente divulgados e conhecidos denominados Templos, oriundo do Templo do Rei Salomão, muito importante em todos os ensinos maçônicos.

Muitos de seus membros exibem seus distintivos de lapela, anéis, chaveiros e outras jóias, seus documentos legais são registrados publicamente como qualquer pessoa jurídica o faz.

Os maçons têm meios que lhes são próprios de mútuo reconhecimento e realizam cerimônias privadas, que não são acessíveis aos não maçons.

Os membros da Maçonaria são dedicados a tornarem-se melhores homens, sejam como cidadãos, sejam como chefes de família, sejam como profissionais, ou em qualquer de suas relações com a humanidade.

Tentam viver e proceder de acordo com elevados princípios éticos e morais ensinados pela Maçonaria.

Seus integrantes professam as mais diversas religiões, porém, todos acreditam em um Ser Superior, criador do Universo, que está além de qualquer credo religioso, respeitando toda a sua diversidade. Não se debate questões religiosas e políticas e a crença num ser supremo é ponto indispensável para que se possa ingressar na Ordem.

Em loja, são constantemente expostos a sessões de instrução e estudos nas quais esses princípios éticos, morais e espirituais são ensinados e debatidos.